Daniel Alves Pena
Headlines News :

Latest Post

Como faz falta uma série de conferências para confrontar verdades com praticas

Written By Daniel Pena on terça-feira, 18 de novembro de 2014 | 09:12




As linhas que seguem não são criticas e sim uma analogia de cunho pessoal.

As Igrejas são soberanas, porem precisam estar sujeitas as verdades bíblicas.

A 52 anos um grupo de pastores aglutinou Igrejas de variadas visões teológicas para caminharem em um processo comum de restauração.  Restaurar princípios valores bíblicos a muito perdidos pela caminhada sem cuidado de muitos ministérios.

A ideia foi bem recebida e seguida, porem não ouve manutenção de todos os pontos que agora centrado na palavra regeria comportamentos culturais e praticas pessoais.
Com falta dessa manutenção os novos, os que chegam com o processo já formado não acompanham os mesmos princípios outrora pregado, chamado de Santo Conserto.

É triste ver muitos que sequer conhecem a história da Obra, é vergonhoso ver pessoas que aceitam, porem não entendem em pleno século 21 as praticas vividas por eles, com todo potencial que temos.

Temos “evangelistas” que não evangelizam, temos “diáconos” que não conhecem as três mesas que tem que servir, temos, temos, temos, temos, temos, temos, temos,temos.

Precisamos ser profissionais bem formados e informados, precisamos ser obreiros que manejem bem a palavra da verdade.

Como faz falta uma série de conferências para confrontar verdades com praticas, discutir assuntos relevantes ao futuro desta Obra linda que sofre.
Precisamos discutir assuntos de interesse comum, porem mal interpretados por muitos.
Enquanto a tempo.
Temos pessoas capacitadas para isso, temos locais para isso. O que nos falta é ouvir uma voz por trás dos ouvidos.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz nas suas costas dirá a você: "Este é o caminho; siga-o". “ Isaías 30:21

Sei que me tornei chato por tocar hora e vez nessa mesma tecla, mas sei em algum momento soará uma música dessa tecla, espero que ela surja antes do tocar da trombeta.



Em amor /  Daniel Alves Pena

No que consiste o teu ministério, a sua fé e o evangelho vivido por você

Written By Daniel Pena on quinta-feira, 6 de novembro de 2014 | 19:44


No que consiste o teu ministério, a sua fé e o evangelho vivido por você
06 de novembro de 2014.



Como receber perdão sem dizer uma só palavra


Como receber perdão sem dizer uma só palavra
30 de outubro de 2014.



Está faltando verdade em alguns púlpitos cristãos


Está faltando verdade em alguns púlpitos cristãos
06 de novembro de 2014.



O futuro da Restauração no Brasil

Written By Daniel Pena on quarta-feira, 15 de outubro de 2014 | 05:23




Daniel Alves Pena
Eu disse certa vez no púlpito e direi novamente.
De hoje a 20 anos (2034) não teremos entre nós os que iniciaram ou presenciaram o auge do Restauracionismo no Brasil.
Se não dermos atenção aos jovens, se não houver trabalhos pedagógicos que envolvam palestras e estudos para difundir a cultura e princípios doutrinários da Obra em Restauração no Brasil, transmitindo solidez para uma fé convicta, estaremos fadados a perder a essência, a beleza e o zelo por algo que o Eterno deixou em nossas mãos.

“Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós,
Tendo uma boa consciência, para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, fiquem confundidos os que blasfemam do vosso bom porte em Cristo.
Porque melhor é que padeçais fazendo bem (se a vontade de Deus assim o quer), do que fazendo mal.”
[1 Pedro 3:15-17]

Os jovens precisam urgentemente de uma fé mais adulta, mais amadurecida, preenchida de uma fidelidade inabalável em Deus e sua Igreja.

Ou acordamos a tempo ou dormiremos o sono da indolência.

“A preguiça faz cair em profundo sono, e a alma indolente padecerá fome.
O que guardar o mandamento guardará a sua alma; porém o que desprezar os seus caminhos morrerá.” [Provérbios 19:15-16]

Significado de Indolente
1 -Que não se deixa afetar; sem sensibilidade; insensível.
2- indiferente; apático; inerte.
3- negligente; descuidado.
4 - Que não se dedica naquilo que realiza; que não tem cuidado; desleixado.
latim: indolens.entis

A internet (facebook e Instagram), nos da acesso a particularidades que não se tem nos cultos e corredores das Igrejas, podemos ver em ação os instintos, ética, caráter e processo de desenvolvimento moral de muitos.  Não cabe a mim salientar, apontar ou corrigir, apenas alertar.
Além de fotos, temos acesso a textos que não condiz com o que provavelmente ou possivelmente deveria ser ensinado no ambiente cristão.  É na prática que podemos balizar nossa fé.

Por uma fé baseada na razão e não na emoção.

Em amor.
Daniel Alves Pena

Deus não tem tempo para as nossas crises existenciais

Written By Daniel Pena on sexta-feira, 10 de outubro de 2014 | 11:28



Elias foi para o INSS celeste.

"E ele disse: Eu tenho sido em extremo zeloso pelo Senhor Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada, e só eu fiquei; e buscam a minha vida para ma tirarem.
E o Senhor lhe disse: Vai, volta pelo teu caminho para o deserto de Damasco; e, chegando lá, unge a Hazael rei sobre a Síria.
Também a Jeú, filho de Ninsi, ungirás rei de Israel; e também a Eliseu, filho de Safate de Abel-Meolá, ungirás profeta em teu lugar." [1 Reis 19:14-16]
As crises existenciais não têm hora, lugar ou uma razão específica para estourar. De uma forma geral, tudo pode ser motivo para ela chegar de mansinho e se apoderar dos nossos pensamentos: uma página em branco, odiar o emprego, não arranjar uma namorada bacana (ou até uma que nem seja tão bacana assim...), uma família estranha, a aparência fora do padrão – ou tudo isso ao mesmo tempo. Essas são castrações modernas suficientemente poderosas para desequilibrar qualquer cidadão. E os resultados delas podem variar entre choros parciais, choros constantes, depressão e até, nos casos extremados, suicídio.
“Mas como ninguém pensou em solucionar isso antes?”. Desde Sócrates, pelo menos. Tanto que o ato de filosofar surge, de certa forma, dessa premissa: a de observar, investigar e compreender toda a miscelânea de sentimentos que formam o Homem.

Quando Yeshua pergunta: O que eles pensam de mim, Yeshua estava adicionando fatos e dados a sua filosofia. Compondo uma ideia, gerando visão. Literalmente filosofando
Somos compostos de e essências, corpo alma e espírito.(tricotomia)

"Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra até o ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e as intenções do coração." Hebreus 4:12

Yeshua sabendo disso para resolver os dilemas da alma nos deu uma excelente solução, negar a si mesmo, o eu. Porem é muito complexo essa negação ou castração.
Isso precisa ser feito por partes, passo a passo.
Yeshua aplicou isso com:

Nicodemos
Observe que no texto abaixo Yeshua não diz nascer da Alma e sim do Espírito.
Para que isso aconteça à alma (o ser) precisa mudar hábitos enfrentar traumas e paradigmas da assistência. Isso é comportamental, logo nesse caso a oração ajuda, porem a tomada de posição e mudança de hábitos é que irão marcar essa mudança.
Yeshua não o mandou fazer 7 jejuns, subir ao monte ou orou por ele, apenas sugestionou a mudança de comportamento.
Mudando a semente, muda-se o fruto.

“Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.
Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?
Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.
O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.” [João 3:3-6]

O Jovem Rico.
Novamente Yeshua sugestiona a mudança de comportamento “Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me.”
Novamente Yeshua não o mandou fazer 7 jejuns, subir ao monte ou orou por ele, apenas sugestionou a mudança de comportamento.
Mudando a semente, muda-se o fruto.

“E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.
Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho;
Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo.
Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda?
Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me.
E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades.
Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus.” [Mateus 19:17-23]

Não estou aqui ensinando que oração, jejum não tem o seu valor apenas que precisamos aplicá-los no momento certo.
Eu não posso abrir uma garrafa de vinho com um Serrote.

“Bem que assim me parece a mim, mas pode ser que outro tenha mais entendimento
do que eu”.

Em amor, por Daniel Alves Pena

Histórico da Obra

Histórico das Igrejas em Obra de Restauração no Brasil


O material contido neste histórico foi coletado em sites e através de pesquisas que duraram um ano e cinco meses, e está sendo disponibilizado gratuitamente para os que ainda não conhecem nosso histórico.

Primeiro Livro

O colapso das “Igrejas Evangélicas”


A obra apresenta dezesseis artigos relacionados à vida e à identificação de algumas igrejas evangélicas que passam, segundo o próprio autor, que é evangélico, por um colapso da apostasia.

Segundo Livro

Perdoa-nos assim como nós perdoamos
Você perdoa facilmente? Ama intensamente? Briga com facilidade? Tem muitos amigos? Confia em muitas pessoas? Sabe dizer quando está certa ou errada? Prefere morrer por quem ama, ou viver sem a pessoa amada? Considera-se uma pessoa controlada?

MENSAGENS

Translate

Receba novos artigos por Email

Inscreva-se em meu Canal no You Tube

Postagens Recentes

A Restauração não começou em 1962

A DOUTRINA BÍBLICA DO USO DO VÉU

Noções de Hebraico Bíblico

Pentecostal?

Quantidade de visitas até o momento

Visitantes lendo o Blog agora

Pesquisar neste blog

Carregando...

Código Penal - Decreto-lei 2848/40

Decreto-lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940
Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

TOLERANDO A GENTE SE ENTENDE

Clique AQUI e saiba porque

ISSO NÃO SÃO LÍNGUAS ESTRANHAS

CONHEÇA A HISTÓRIA DA OBRA

Clique na imagem para ampliar

Ajuste de Conduta - Magno Malta

Anúncios AdSense

Pois muitos andam entre nós evangélicos

Intolerância Religiosa

LinkWithin

União de Blogueiros Evangélicos

Seguidores do Google+

Desenhos bíblicos - Evangelizando os pequeninos

EU TENHO UM SONHO

Mensagem na Assembleia de Deus em Nova Campina

PROMOÇÃO SUBMARINO

A escolha de Deus

PROMOÇÃO CASAS BAHIA

Ministério pastoral - Base bíblica

PROMOÇÃO RICARDO ELETRO

A igreja continuísta

PROMOÇÃO LIVRARIA SARAIVA

Elohim, qualquer adoração?

Como você conheceu o blog?

PARCEIRO

Estudo na Assembleia de Deus em Suruí

PROMOÇÃO LOJAS AMERICANAS

O uso do véu: uma abordagem simples

PROMOÇÃO PONTO FRIO

Resposta a CACP - Sobre o véu

PROMOÇÃO EXTRA

Daniel Pena contesta Pr. Ivan Saraiva

PROMOÇÃO LIVRARIA DA FOLHA

Ateísmo e religião

 
Copyright © 2013. Daniel Alves Pena - All Rights Reserved
Template Adpted by Daniel Pweb Published by Daniel Pena
Ora, daqueles que pareciam ser alguma coisa, esses, nada me acrescentaram,antes, pelo contrário, (Gálatas 2.6)