Quanto custa o seu ministério? - Daniel Alves Pena

Assista o novo vídeo de Daniel Alves Pena - [Fechar o vídeo]

Headlines News :
Home » » Quanto custa o seu ministério?

Quanto custa o seu ministério?

Postado por Daniel Pena em sábado, 5 de outubro de 2013 | 05:53





Existem ministérios e “ministérios”, existe o ministério para servir ao Eterno e existe o “ministério” para servir ao presidente do ministério.

A maioria dos pastores com ministérios com uma grande estrutura tende a negociar valores para não perder membros(contribuintes) do contrário ele não irá conseguir manter a estrutura.
E assim os valores bíblicos passam a ser negociáveis e inicia a lei da oferta e da procura.

O que os novos crentes procuram e o que os novos ministérios têm a oferecer.

Quando o foco é a estrutura criada a necessidade maior, o foco do líder deste ministério é somente um – como manter a estrutura e não contrair dividas.

Manter um carro importado, uma conta de energia alta, ar condicionado, despesas com telefone etc.  Adicionei o ETC para não falar do salário que normalmente em grandes estruturas são autos.

Assim como as empresas esses “ministérios” começam a analisar o mercado, e seu perfil de crentes (cliente).

Se uma empresa descobre um produto as demais vão copiá-lo e tentar melhorá-lo.
Nos “ministérios” com grandes estruturas não é diferente, arca da aliança dentro dos templos (idolatria), rosa ungida, fronha ungida, garrafa de água ungida, sabonete ungido, lâmpada ungida, meia ungida, camisa ungida, fotos e por ai vai.

Alguns desses “ministérios” passam a lançar mão do entretenimento e criam diversas formas para atrair seu publico alvo (crentes), festa do milho (são João disfarçada na igreja), festa das cabanas (festa Judaica), festa de pentecostes(festa Judaica), night gospel, pagode gospel, funk gospel, festa disso, festa daquilo.

Cada semana surgi uma novidade nesses “ministérios” é campanha disso, campanha daquilo.

Para manter a estrutura é preciso se virar nos trinta e é exatamente ai, que o “ministério se vende”, o foco passa ser financeiro e não mais salvação de almas.

Afinal, quanto vale seu ministério.

"Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão o sofrereis." (II Coríntios 11 : 4)


GÁLATAS CAPÍTULO 1. 6-10

"Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho;
O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo.
Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.
Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.
Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo."

OBSERVAÇÃO: Não quero com isso manchar os grandes ministérios, pois minha avaliação tem aspecto de analise, logo, não são assim todos os grandes ministérios, apenas alguns.

Com tristeza / Daniel Alves Pena
Share this article :

0 comentários:

Acompanhe no Facebook

Postagens Recentes

Autoridade Espiritual

Autoridade espiritual não é algo imputada a alguém, é alguma coisa que se reconhece em alguém, que tem por causa da sua coerência de existência na palavra. Por causa da sua intrepidez na fé, na sua sinceridade no serviço a Deus e ao próximo. Sem isso não adiante ser PHD ou qualquer outro coisa.

Fale com o autor do blog

Original Bíblico para Pesquisas

A Restauração não começou em 1962

CURIOSIDADES SOBRE O VÉU

SAIBA COMO FOI

Nosso Ranking do Brasil

e-clipping sobre Daniel Alves Pena

MENSAGENS

Translate

Receba novos artigos por Email

Inscreva-se em meu Canal no You Tube

A DOUTRINA BÍBLICA DO USO DO VÉU

Pentecostal?

Quantidade de visitas até o momento

Visitantes lendo o Blog agora

Pesquisar neste blog

Código Penal - Decreto-lei 2848/40

Decreto-lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940
Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

TOLERANDO A GENTE SE ENTENDE

Clique AQUI e saiba porque

ISSO NÃO SÃO LÍNGUAS ESTRANHAS

CONHEÇA A HISTÓRIA DA OBRA

Clique na imagem para ampliar

Ajuste de Conduta - Magno Malta

Anúncios AdSense

Pois muitos andam entre nós evangélicos

Intolerância Religiosa

LinkWithin

União de Blogueiros Evangélicos

 
Copyright © 2013. Daniel Alves Pena - All Rights Reserved
Template Adpted by Daniel Pweb Published by Daniel Pena
Ora, daqueles que pareciam ser alguma coisa, esses, nada me acrescentaram,antes, pelo contrário, (Gálatas 2.6)