Se Saul profetizou nu, Yeshua celebrou a ceia nu - Daniel Alves Pena

Assista o novo vídeo de Daniel Alves Pena - [Fechar o vídeo]

Headlines News :
Home » , » Se Saul profetizou nu, Yeshua celebrou a ceia nu

Se Saul profetizou nu, Yeshua celebrou a ceia nu

Postado por Daniel Pena em domingo, 14 de setembro de 2014 | 19:25



Quero começar este artigo com uma temática bem sugestiva.

Primeiro  exemplo:

“Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.” Mateus 25:35-36
Será que Yeshua(Jesus) estava dizendo que estava pelado? Ou com roupas pobres, rasgadas, citando os mendigos?

Segundo  exemplo:


Seu pastor também fica nu para a celebração da Santa Ceia?
Observe que o texto diz:”
Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se.

“Jesus, sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus e ia para Deus, Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se. Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.”  (João 13.3-5)
É muito óbvio que yeshua (Jesus) tirou sua capa, a do mestre que o identificava como tal e não a roupa ficando nu.

Terceiro  exemplo:

“20  E começou Noé a ser lavrador da terra, e plantou uma vinha.
21  E bebeu do vinho, e embebedou-se; e descobriu-se no meio de sua tenda.
22  E viu Cão, o pai de Canaã, a nudez do seu pai, e fê-lo saber a ambos seus irmãos no lado de fora.”  (Gênesis 9.20-22)

Logo após está sena Noé amaldiçoa seu neto Canaã por causa do filho Cão.

“E disse: Maldito seja Canaã; servo dos servos seja aos seus irmãos.” Gênesis 9.25

Se ver a nudez do pai trouxe tantos problemas para Cam, porque Deus deixaria Saul ficar nu para profetizar?

Quarto exemplo:

Você sabia que existiu nos primórdios uma lei dada por Elohim (Deus) falando sobre a nudez? Não?
Então observe: Leviticos 18.5-18
5  Portanto, os meus estatutos e os meus juízos guardareis; os quais, observando-os o homem, viverá por eles. Eu sou o SENHOR.
6  Nenhum homem se chegará a qualquer parenta da sua carne, para descobrir a sua nudez. Eu sou o SENHOR.
7  Não descobrirás a nudez de teu pai e de tua mãe: ela é tua mãe; não descobrirás a sua nudez.
8  Não descobrirás a nudez da mulher de teu pai; é nudez de teu pai.
9  A nudez da tua irmã, filha de teu pai, ou filha de tua mãe, nascida em casa, ou fora de casa, a sua nudez não descobrirás.
10  A nudez da filha do teu filho, ou da filha de tua filha, a sua nudez não descobrirás; porque é tua nudez.
11  A nudez da filha da mulher de teu pai, gerada de teu pai (ela é tua irmã), a sua nudez não descobrirás.
12  A nudez da irmã de teu pai não descobrirás; ela é parenta de teu pai.
13  A nudez da irmã de tua mãe não descobrirás; pois ela é parenta de tua mãe.
14  A nudez do irmão de teu pai não descobrirás; não te chegarás à sua mulher; ela é tua tia.
15  A nudez de tua nora não descobrirás: ela é mulher de teu filho; não descobrirás a sua nudez.
16  A nudez da mulher de teu irmão não descobrirás; é a nudez de teu irmão.
17  A nudez de uma mulher e de sua filha não descobrirás; não tomarás a filha de seu filho, nem a filha de sua filha, para descobrir a sua nudez; parentas são; maldade é.
18  E não tomarás uma mulher juntamente com sua irmã, para fazê-la sua rival, descobrindo a sua nudez diante dela em sua vida.
Se havia uma lei sobre nudez, será que o Eterno faria Saul ficar nu para profetizar por qual motivo? Iria Hashem (O nome) contra sua própria lei?

Depois de quatro exemplos, vamos ao texto que causa má interpretação.



1 Samuel 19.20-24
20 Então enviou Saul mensageiros para trazerem a Davi, os quais viram uma congregação de profetas profetizando, onde estava Samuel que presidia sobre eles; e o Espírito de Deus veio sobre os mensageiros de Saul, e também eles profetizaram.
OBSERVAÇÃO: Note que nenhum momento nenhum dos primeiros mensageiros ficaram nu.

21 E, avisado disto Saul, enviou outros mensageiros, e também estes profetizaram; então enviou Saul ainda uns terceiros mensageiros, os quais também profetizaram.
OBSERVAÇÃO: Note que nenhum momento nenhum dos segundo ou terceiros mensageiros ficaram nu.

22 Então foi também ele mesmo a Ramá, e chegou ao poço grande que estava em Secu; e, perguntando, disse: Onde estão Samuel e Davi? E disseram-lhe: Eis que estão em Naiote, em Ramá.
23 Então foi para Naiote, em Ramá; e o mesmo Espírito de Deus veio sobre ele, e ia profetizando, até chegar a Naiote, em Ramá.
OBSERVAÇÃO: Note que ele profetizava sem ficar nu.

24 E ele também despiu as suas vestes, e profetizou diante de Samuel, e esteve nu por terra todo aquele dia e toda aquela noite; por isso se diz: Está também Saul entre os profetas?
OBSERVAÇÃO: Ele apenas tira sua capa de Rei, pois vai estar diante do profeta de Elohim (Deus) e diante do Rei ungido pelo próprio Eterno.


Nem Davi, Samuel ou um dos profetas estavam nus.
A única citação sobre retirar as vestes se faz sobre Saul, o que intriga no texto é que Saul foi para lá para matar Davi.
Estaria o Ruach HaKodesh (Espírito Santo) usando alguém com ódio no coração? Ou Estaria o Ruach HaKodesh (Espírito Santo) dando um alerta a Saul?




Compare a frase esteve nu com:

Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.” Mateus 25:35-36

Ou com:
“Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se”. (João 13.3-5)
É óbvio que o ficar nu em ambos os caso faz menção de estar sem o símbolo da capa que era representativa naquela época.
 

  Observe em
1 Samuel 24:9-11 onde Davi chama Saul de pai.
Seria Saul pai de Davi? Claro que não, pois naquela época chamar de pai era uma forma de reconhecer a autoridade da pessoa em questão.
1 Samuel 24:9-11
"9 E disse Davi a Saul: Por que dás tu ouvidos às palavras dos homens que dizem: Eis que Davi procura o teu mal?
10 Eis que este dia os teus olhos viram, que o SENHOR hoje te pôs em minhas mãos nesta caverna, e alguns disseram que te matasse; porém a minha mão te poupou; porque disse: Não estenderei a minha mão contra o meu senhor, pois é o ungido do SENHOR.
11 Olha, pois, meu pai, vê aqui a orla do teu manto na minha mão; porque cortando-te eu a orla do manto, não te matei. Sabe, pois, e vê que não há na minha mão nem mal nem rebeldia alguma, e não pequei contra ti; porém tu andas à caça da minha vida, para ma tirares."


Ainda no mesmo exemplo vemos Eliseu chamando Elias de Pai.
Seria Elias pai de Eliseu?
Claro que não, pois naquela época chamar de pai era uma forma de reconhecer a autoridade da pessoa em questão.

"12  O que vendo Eliseu, clamou: Meu pai, meu pai, carros de Israel, e seus cavaleiros! E nunca mais o viu; e, pegando as suas vestes, rasgou-as em duas partes." (2Rs.2:12)

Analisando o texto através das traduções.

A conclusão mais provável é esta: maltrapilho, vestido de maneira pobre, vestido com uma só roupa ou tendo tirado o manto.

E despindo-se de suas roupas, também profetizou em transe na presença de Samuel. Ele ficou deitado nu todo aquele dia e toda aquela noite. Por isso, o povo diz: "Está Saul também entre os profetas? " (1 Samuel 19:24) Bíblia Nova Versão Internacional

Despiu suas vestes, profetizando diante de Samuel e ficou assim despido, prostrado por terra durante todo o dia e toda a noite. Daí o ditado: Está Saul também entre os profetas?” (1 Samuel 19:24) Versão Católica

            Et expoliavit etiam ipse se vestimentis suis, et prophetavit cum ceteris coram Samuele, et cecidit nudus tota die illa et nocte. Unde et exivit proverbium: Num et Saul inter prophetas? (1 Samuel 19:24) vulgata tradução original

E ele também despiu os seus vestidos, e ele também profetizou diante de Samuel, e esteve nu por terra todo aquele dia e toda aquela noite; pelo que se diz: Está também Saul entre os profetas?
O verbo usado no Hebraico seria BËGÅDÅYV (בְּגָדָיו) que é beged Tradução: roupa, traje; traição, infidelidade.

vayyiphshath gam-hu' beghâdhâyvvayyithnabbê' gham-hu' liphnêy shemu'êl vayyippol `ârom kol-hayyom hahu' vekhol-hallâylâh `al-kên yo'mru hagham shâ'ulbannebhiy'im ph

   Versão: Suomi: Suomen Raamattuopisto (1776)

ויפשׂט גם הוא בגדיו ויתנבא גם הוא לפני שׂמואל ויפל ערם כל היום ההוא וכל הלילה על כן יאמרו הגם שׂאול בנביאם
Versão: מקורי: Hebraico

O comentário bíblico SDABC nos explica que a expressão original hebraica pode indicar vários modos, como: maltrapilho, vestido de maneira pobre, vestido com uma só roupa ou tendo tirado o manto. Essas diferentes formas de traduzir o mesmo termo original estão em nossas versões para a língua portuguesa nas seguintes passagens: (Jó 1:21; 22: 6; 24: 7, 10; Isaías 58:7; 20:2).

 “Tirar a roupa” pode não significar “tirar TODA a roupa”.

Pelo costume da época e o contexto da narração, é muito provável que Saul tenha tirado o seu manto real e permanecido somente com sua roupa comum. Existia a túnica interna que era uma prenda interior usada somente dentro de casa. Na rua, o manto exterior ou a capa era apenas jogado por cima. Despojado de seu manto real, talvez Saul ficou vestido à semelhança de um dos alunos da escola dos profetas.

Se no local estavam Samuel (sacerdote), Davi (O rei que o Eterno consagrou), como Saul poderia estar diante deles usando um manto real, a capa de rei, se orei Davi estava presente?

Por Daniel Alves Pena

Share this article :

0 comentários:

Acompanhe no Facebook

Postagens Recentes

Autoridade Espiritual

Autoridade espiritual não é algo imputada a alguém, é alguma coisa que se reconhece em alguém, que tem por causa da sua coerência de existência na palavra. Por causa da sua intrepidez na fé, na sua sinceridade no serviço a Deus e ao próximo. Sem isso não adiante ser PHD ou qualquer outro coisa.

Fale com o autor do blog

Original Bíblico para Pesquisas

A Restauração não começou em 1962

CURIOSIDADES SOBRE O VÉU

SAIBA COMO FOI

Nosso Ranking do Brasil

e-clipping sobre Daniel Alves Pena

MENSAGENS

Translate

Receba novos artigos por Email

Inscreva-se em meu Canal no You Tube

A DOUTRINA BÍBLICA DO USO DO VÉU

Pentecostal?

Quantidade de visitas até o momento

Visitantes lendo o Blog agora

Pesquisar neste blog

Código Penal - Decreto-lei 2848/40

Decreto-lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940
Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

TOLERANDO A GENTE SE ENTENDE

Clique AQUI e saiba porque

ISSO NÃO SÃO LÍNGUAS ESTRANHAS

CONHEÇA A HISTÓRIA DA OBRA

Clique na imagem para ampliar

Ajuste de Conduta - Magno Malta

Anúncios AdSense

Pois muitos andam entre nós evangélicos

Intolerância Religiosa

LinkWithin

União de Blogueiros Evangélicos

 
Copyright © 2013. Daniel Alves Pena - All Rights Reserved
Template Adpted by Daniel Pweb Published by Daniel Pena
Ora, daqueles que pareciam ser alguma coisa, esses, nada me acrescentaram,antes, pelo contrário, (Gálatas 2.6)